“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.” Oscar Wilde

Introdução.

Qual é o teu sonho? Qual é o teu objetivo? Que resultados queres alcançar?

Se queres dar à tua visão um salto impulsionador escreve as tuas metas em papel e usa estas perguntas para acelerares o processo de obtenção do teu sonho.

1. Qual é a tua maior prioridade neste ciclo de vida?

O que é, actualmente, o  mais importante para ti experienciar, explorar ou ‘abraçar’? Enquanto não responderes a estas perguntas, os teus objetivos de vida estarão ‘desligados’. Se estiveres ‘desalinhado’ com a tua paixão interior, as tuas intenções não terão poder para atrair as pessoas e as situações necessárias para se tornarem realidade.

Procura saber o que te trás verdadeira alegria. Que atividades adoravas fazer quando eras criança? Quais são, actualmente, os teus hobbies? Quando as tuas metas estiverem ‘alinhadas’ com o teu propósito de vida, a sincronização entra em ação para te guiar ao teu objetivo. Quando compreendes e tomas controle da tua essência e vocação, a assistência fluirá até ti ,vinda de todas as partes da terra e do céu.

2. Este sonho é teu ou é de outra pessoa?

As tuas metas são escolhas tuas, ou aquilo que os outros pensam que deves ambicionar? Queres olhar para trás aquando da tua velhice e desejar que tivesses seguido a tua paixão ou queres arrepender-te de ter “jogado pelo seguro”?

É egoísta ir atrás do teu próprio sonho? Que alegria podes dar aos outros se não a deres primeiro a ti mesmo?

Tens o direito divino de ouvir o teu coração. Tens obrigação de seguir o teu sonho. Só então poderás cumprir o teu destino e fazer a contribuição terrena que nasceste para fazer.

3. Queres mesmo, mesmo este sonho?

Sais da cama todas as manhãs para ir atrás do teu sonho? Ou persegues um sonho morno porque este soa que tem mais sentido? Apenas a pessoa mais genuína irá gerar energia suficiente para se manifestar a si mesma neste mundo.

4. Estás a conformar-te com menos do que deves?

Estás resignado a aceitar menos do que a tua quota-parte de amor, saúde e sucesso nesta vida? Comprometeste-te e sacrificaste o teu sonho até ao fim da tua vida? Tudo o que seja menos do que viver as tuas verdadeiras paixões nunca te fará feliz. Queres chegar aos Portões do Céu carregando o arrependimento de não teres casado com aquela pessoa, começado aquele negócio divertido ou ter visto aquela parte exótica do mundo que sempre quiseste visitar?

5. O teu sonho é apenas um meio para chegar a um outro sonho?

O teu sonho é o fim último em si mesmo, ou meramente um meio limitado para o verdadeiro fim? Não é o carro novo que queres realmente, em vez do dinheiro (os meios para comprar o carro novo)? Indo ao cerne da questão, tu não desejas realmente renovar a tua auto-estima, ao invés do carro ou da casa nova para impressionar a família e os vizinhos? E não é realmente a felicidade que queres, ao invés do companheiro ou colega perfeito?

Foca-te na experiência que queres criar e não na forma física que pode, ou não, trazer-te essa experiência.

6. Como te vais sentir quando alcançares o teu sonho?

A paixão pessoal serve de combustível à visão. Mergulha na emoção e no entusiasmo da sensação de estar a viver o teu sonho.  A cada momento que passa, bebe na alegria de ter a tua meta.

Os Havaianos dizem, “Onde a tua atenção criativa flui, assim flui a tua vida.” A tua atenção diária está a alimentar o teu sonho? Tu sabe para onde o teu entusiasmo criativo está a fluir?

Já é tempo de manifestares as tuas aspirações. Criações dinâmicas e satisfatórias são alimentadas com amor e carinho como uma flor de jardim.

7. Como vais beneficiar por teres alcançado o teu sonho?

Sê específico à cerca dos benefícios que irás receber com a conquista da tua visão. Escreve estes aspetos para que eles se fixem na memória como motivadores. O que aconteceria realmente se tu ganhasses muito dinheiro a fazer algo que amas? Como mudarias o modo de ver a tua vida se deixasses que as pessoas te amassem e apoiassem? O que tu farias com mais vitalidade e saúde?

“Insanidade: fazer a mesma coisa todos os dias e esperar resultados diferente.” – Albert Einstein 

8. Que passos podes tomar hoje em direção ao teu sonho?

Não adies o teu sonho. Monta um sistema à tua volta para traduzir as tuas intenções instantaneamente em ações. Agarra cada oportunidade que se encontre em sintonia com o teu propósito e visão.

Mantém viva a energia. Independentemente do quão agitada a tua vida se torne, promete a ti mesmo tomar pelo menos uma ação por dia.  Mesmo as mais pequenas ações – anotar uma ideia, ler uma única página, ou fazer um telefonema – contribuem de alguma forma.

Existem mini-objetivos que te levam até ao grande objetivo ou sonho e que podem dar-te prazer? Aprende a desmontar em mini-objetivos esse sonho. Se o sonho é correr a maratona, treina primeiro para uma pequena corrida local. E encontra maneira de medir o teu progresso. Toma nota dessas pequenas conquistas – escrevendo num diário ou dizendo a um amigo.

9. Dizes para ti mesmo: “Eu não posso ter o meu sonho?”

A maioria das pessoas não acredita que pode viver o seu sonho. Ou o seu sistema de crenças fá-las acreditar que elas não se conseguem sustentar fazendo o que amam ou elas sentem que não merecem o seu sonho. Para evitar a dor de sentir que não podem ter o seu sonho, as pessoas deixam frequentemente o sonho tão enterrado que não se conseguem lembrar que já tiveram um sonho. Como está o teu sistema de crenças. Como é no teu caso?

Toda a gente tem um sonho! E todos estão destinados a cumprir esse propósito. Porquê esperar?

10. Tens medo de alcançar o teu sonho?

Estatisticamente, ocorrem mais ataques de coração quando acontecem “coisas boas” do que quando acontecem “coisas más”! Alcançar o teu sonho é uma ameaça de vida! Claro que o teu sonho é apenas uma ameaça de vida para a tua velha experiência de ti mesmo e da tua vida – aquela que é aborrecida ou que está a matar-te de dor!Perguntas para impulsionar o teu sonho2

A mudança é assustadora. Encontra maneiras de mover a energia do medo. A única maneira de evitar sentir medo é evitar viver por completo! Faz o teu salto de fé, acredita.

Photo Credit: Kevin Conor Keller, epSos.de, coba via Compfight

11.  Tu precisas mesmo de realizar o teu sonho?

Tu precisas mesmo de alcançar as tuas metas para ser feliz? Entra num estado onde já não te importas se a imagem exacta do teu sonho se torne realidade. Sem a interferência da pressão do ego, tens mais possibilidade de te encontrar com as vibrações certas para atrair a verdadeira felicidade. Quando tu relaxas a tua pressão sobre o caminho exacto onde o teu futuro “tem” que se desenrolar, tu dás ao Universo mais flexibilidade no modo em como podes cumprir os teus sonhos.

Tu podes viver o teu sonho, uma vida de paixão e sucesso! Pergunta, até chegar a tua resposta. Em seguida, toma medidas massivas e consistentes e age.

Não tem nada que enganar. Começa agora!

1. Queres melhorar a tua vida? Clica AQUI para saber mais.

2. Queres começar o teu negócio? Clica AQUI para saber mais.

3. Queres melhorar o teu negócio! Clica AQUI para saber mais.

 

[hr]

Comentários no Facebook

Leave a Reply